segunda-feira, 13 de fevereiro de 2012

S.Valentim, o santo decapitado

Todos sabem o que se celebra no dia de S. Valentim mas quase ninguém sabe quem foi Valentim. O nome poderia ter algo de irónico uma vez que foi este o homem que desafiou o imperador romano Claúdio II. O imperador estava convicto que a práctica do casamento era um obstáculo à listagem voluntária dos soldados, mas Valentim continuava a casar namorados em segredo. A lei que proibia o casamento acabava desta forma por reconhecer a importância do casamento na organização de um estado e de uma nação. Mas acredito que Valetim se tenha também tornado popular porque era proibido casar-se. Actualmente todos somos livres de nos casar, divorciar e afins...O valor do amor banalizou-se. O amor é a publicidade do menu especial que lemos no restaurante, o presente que vamos receber ou comprar, a atividade exêntrica que vamos fazer para nos recordar que em 361 dias no ano existe 1 dedicado ao amor. O que poucos sabem é que Valetim acabou por ser decapitado por causa da sua desobediência. Tal acto faz-nos pensar que afinal vão haver sempre Valentins que acreditam no amor e que certamente no meio de tanta publicidade, indústria, mercados vai haver alguém que vai escrever uma carta de amor e dizer que escreve simplesmente porque é dia de S.Valentim.

Sem comentários:

Enviar um comentário