Avançar para o conteúdo principal

Mensagens

A mostrar mensagens de Março, 2011

Medidas para reduzir os efeitos da crise



Este texto é mais uma vez uma resposta a um comentário que recebi no blog. Ironicamente um estrangeiro escreveu que eu e os portugueses em geral se queixam demasiado e que criticam a torto e a direito sem procurarem solucções plausíveis para a crise. Depois de ter reflectido sobre isto decidi tomar medidas e partilhar com os leitores algumas das possíveis ideias para reduzir os efeitos da crise.  Em primeiro lugar temos de começar por baixo, ou seja por cada um de nós: 1. Deixe de usar o automóvel ou reduza as viagens feitas com o automóvel e pegue na bicicleta que tem há tanto tempo a apanhar ferrugem em casa. Claro que esta medida poderá ser drástica para as muitas pessoas que vivem longe do trabalho ou dos centros urbanos, mas não há como tentar. Além disso a bicicleta é fácil de estacionar, ajuda-o a manter em forma e respeita o ambiente; Poderá também começar a apanhar mais transportes públicos, apesar de nem sempre estarem a tempo, talvez fosse melhor que todo…

Is the dealer that exploits the buyer or the buyer that exploits the dealer?

This text is for somebody that regulary reads my blog and comments my texts.  Is always positive when somebody can critize you because it means that at least you are not ignored.  In one of my texts I wrote about cannabis and it seemed not clear what I did  meant by exploiting: the exploitation is made in both ways: first because the dealer needs the buyer and for that reason will always take advantage of his "need" or "weekness" in order to sell his product. In the other side the dealer (in this case the primary source of the dealing, the farmers) are also exploited because they work hardly and in many cases they only get 10% per cent of the profit of their work. Many of the great producers of Cannabis are located in underdeveloped countries where people see the cultivation of those plants as the only source of survival. The same farmers are constantly taking criminal risks for their work and for that reason some companies related with the textile industrie, take ad…