sábado, 25 de fevereiro de 2012

Onde estão os PIGS? E o que significa ser um

A sigla PIGS é uma criação que me deixa perplexa: primeiro porque para além de representar os países
em crise: Portugal, Itália, Grécia e Espanha é também uma palavra que em inglês tem o significado de "Porcos". No fundo os "porcos" da Europa são os países considerados como os menos produtivos e os mais esbanjadores. Achei interessante quando decidiram agregrar uma letra extra à sigla para seguir o rumo da crise europeia: assim quando a Irlanda entrou em crise a sigla tornou-se mais conhecida pela sua forma PIIGS ou seja a sigla manteve a fonia original, o que significa mais ou menos isto: os países que faziam parte dos mais esbanjadores continuam a ser os mesmos, ou seja continuam a fazer parte do mesmo grupo.Tem sido muito interessante seguir os jogos entre Merkel versus Grécia/ ou Merkel e Grécia consoante o contexto político que é apresentado na imprensa. Outro brilhante jogo de "xadrez" é sem dúvida  Merkel e os países em vias de desenvolvimento: sim em vias porque as "vias" se podem extinguir ou porque se podem mesmo vir a desenvolver.
 Outras vezes penso por vezes no filme o "Triunfo dos Porcos" quando olho para esta sigla não só porque de certa maneira metáforica alguns porcos se apoderaram de toda a quinta mas também porque tal como no filme a ideia inicial de uma União Europeia, era de partilha e de igualdade.
Mas o que em difinitivo me tem chamado à atenção é atitude dos E.U.A em relação a esta crise que se vive no sentido que Obama parece muito interessado nesta crise europeia e segundo declarações divulgadas pela TSF admitiu que: «O novo governo em Itália, o novo governo em Espanha e em Portugal fizeram todos progressos importantes mas (...) há ainda muito a fazer»,  e consciente ou inconsientemente acrescentou que para "assegurar não só a estabilidade económica mas também o crescimento na Europa porque, se a Europa crescer, isso vai ter igualmente consequências na economia norte-americana». Depois de ler esta notícia e sabendo que a economia é simplesmente a ciência da distribuição sorri, porque entendi que para o Tio Sam talvez esta recuperação económica talvez não seja uma boa ideia.
              Do Tio Sam, com amor

Sem comentários:

Enviar um comentário